A Guarda Nacional Republicana (GNR) deteve 48 pessoas em flagrante delito no âmbito de uma operação de prevenção e combate à criminalidade violenta e fiscalização rodoviária, foi divulgado este domingo.

Em comunicado, a GNR diz que a operação ocorreu “em todo o território nacional” entre as 20:00 de sábado e as 08:00 de hoje.

Neste período, as autoridades registaram 26 acidentes rodoviários, entre os quais um despiste de um motociclo que resultou na morte do condutor, e oito feridos leves.

Entre as detenções:

  • 28 pessoas foram detidas por condução sob o efeito do álcool
  • Nove por condução sem habilitação legal
  • Quatro por tráfico de estupefacientes
  • Quatro por furto
  • Duas por posse ilegal de armas
  • Uma por permanência irregular em território nacional

No âmbito da operação, a GNR apreendeu:

  • 235 doses de haxixe
  • 20 doses de folhas de cannabis
  • Cinco doses de heroína
  • três armas de fogo
  • uma arma branca

Ao nível da fiscalização rodoviária, a GNR detetou 749 infrações, destacando-se 216 por excesso de velocidade, 84 por condução com Taxa de Álcool no Sangue superior ao permitido por lei, 59 por falta de inspeção periódica obrigatória e 39 por falta ou incorreta utilização do cinto de segurança e/ou sistema de retenção para crianças.

Foram também detetadas 27 infrações por uso indevido do telemóvel no exercício da condução, 24 por anomalias nos sistemas de sinalização e iluminação e outras 24 infrações relacionadas com tacógrafos, assim como 15 por falta de seguro de responsabilidade civil obrigatório.