Um homem de 28 anos foi detido e entretanto colocado em prisão preventiva por suspeita de ter ferido com cinco tiros um opositor durante uma discussão “por motivo fútil” na Póvoa de Varzim, revelou a Polícia Judiciária.

Os factos ocorreram na tarde de 15 de agosto, na sequência de uma altercação ocorrida entre clientes de uma esplanada naquela cidade do distrito do Porto.

“Na ocasião, o arguido surpreendeu a vítima e, não obstante estar num espaço público com dezenas de pessoas em redor, efetuou cinco disparos na direção do ofendido, o qual foi atingindo nos membros e na zona abdominal, tendo corrido perigo de vida”, refere a polícia.

A polícia indicia o detido pela prática dos crimes de homicídio qualificado na forma tentada e de detenção de arma proibida.

Ainda segundo aquela autoridade, o homem, vendedor ambulante, tem antecedentes pela prática do crime de roubo.

/ AM