A Polícia Judiciária (PJ) do Porto deteve um empresário de 34 anos suspeito de ter ateado fogo a duas viaturas que estavam guardadas numa habitação em Matosinhos, informou esta quinta-feira aquela força policial.

Em comunicado, a PJ refere que o incêndio também “pôs em perigo” a própria habitação.

O detido está “fortemente indiciado” pela prática de um crime de incêndio consumado e um outro na forma tentada.

No âmbito da investigação a esses crimes, o suspeito foi detido na posse de uma arma de fogo transformada de calibre 6.35 milímetros, bem como de munições do mesmo calibre.

Está, por isso, também indiciado de posse de arma proibida.

O detido vai ser apresentado a tribunal, para primeiro interrogatório judicial.