A Polícia Judiciária do Porto anunciou esta quarta-feira a detenção de um suspeito da autoria de, pelo menos, 16 assaltos à mão armada em diversas localidades, escreve a Lusa.

Em comunicado, a PJ do Porto aponta assaltos a estações de correios, farmácias, lojas de pronto-a-vestir e postos de abastecimento de combustível, ocorridos em localidades a sul do rio Douro, nomeadamente em Santa Maria da Feira, Oliveira de Azeméis e Vila Nova de Gaia.

Usaram carro para arrombar ourivesaria

O detido será o terceiro elemento de um grupo de assaltantes, dos quais dois já foram detidos pela PJ, a 7 de Janeiro, e estão agora em regime de prisão preventiva.

Os detidos «utilizavam, na sua actividade delituosa, como instrumento de ameaça às vítimas, primeiro uma réplica de arma de fogo, tipo pistola, e depois uma pistola de compressor de ar», refere a PJ.

Acrescenta que, após a detenção dos seus co-autores, o indivíduo agora detido «terá persistido na senda dos assaltos à mão armada, pelo que ser-lhe-á imputável a prática, desde a prisão daqueles, de pelo menos mais seis crimes de roubo, na mesma área geográfica, mas agora com uma arma de fogo».

O detido, de 26 anos de idade e sem profissão conhecida, será presente em tribunal para interrogatório judicial e aplicação das medidas de coacção tidas por adequadas.
Redação / PP