Um homem de 49 anos foi detido em Lisboa por suspeita do crime de resistência e coação sob funcionário e tentativa de atropelamento a agente de segurança, e multado por violação do recolher domiciliário, anunciou hoje a PSP.

“O homem foi detido por resistência e cocção e ainda autuado por violar o dever de recolher domiciliário [devido à pandemia de covid-19], sendo notificado para comparecer em Tribunal”, informa a PSP em comunicado.

O Comando Metropolitano de Lisboa da PSP explica que, “através da 4ª Divisão Policial, no dia 17 de fevereiro [quarta-feira], pelas 04:15, na zona de Campo de Ourique, procedeu à detenção de um homem, de 49 anos, suspeito da prática do crime resistência e coação sob funcionário”.

Segundo a nota de imprensa, “no decorrer de normal patrulhamento, num conhecido bairro relacionado com o consumo e tráfico de estupefaciente, os policiais aperceberam-se de uma viatura que vinha na direção” dos elementos de segurança, que decidiram “dar ordem de paragem a fim de a fiscalizar”.

A PSP refere que, “apesar de ser de madrugada, havia boas condições de visibilidade e de luminosidade que permitia perfeitamente a visualização dos policiais” na ação de patrulhamento.

“Ainda assim, o condutor, com o intuito de se furtar à ação policial, não acatou as várias ordens policiais tendo direcionado a viatura para um dos agentes e acelerado, não sendo atingido devido à sua rápida reação”, conta a PSP.

Neste sentido, continua o comunicado, “de imediato, os polícias seguiram no encalço da viatura conseguindo a sua interceção alguns metros depois” tendo sido efetuada a sua detenção.

/ CM