“novamente à detenção, em flagrante delito”