Os dois homens detidos nos concelhos de Braga e Vieira do Minho por alegadamente perseguirem e agredirem as ex-companheiras ficaram sob vigilância eletrónica e proibidos de contactar as vítimas, anunciou este sábado a GNR.

Um dos suspeitos tem 61 anos e foi detido na quinta-feira, no concelho de Braga, a coberto de um mandado, depois de, numa investigação desenvolvida ao longo de um mês, as autoridades terem concluído que ameaçou e agrediu a mulher, de 57 anos, mesmo após a separação do casal, consumada há dois anos.

No caso de Vieira do Minho, o suspeito é um homem de 80 anos, que foi detido na sexta-feira.

Uma investigação, efetuada durante uma semana, apurou que a vítima, uma mulher de 60 anos, ex-companheira do suspeito, era também perseguida, ameaçada e agredida fisicamente”, revelou a GNR, em comunicado, acrescentando que durante as diligências foi apreendida uma arma de fogo.