O número de mortes por Covid-19 em Portugal subiu para 1.144, de acordo com o último boletim da Direção-Geral de Saúde.

Nas últimas 24 horas registaram-se mais nove óbitos, tal como no dia anterior, um aumento de 08%. Um dos óbitos ocorreu no Algarve, o que não acontecia há bastante tempo.

Também relativamente a domingo foram identificados 98 novos casos positivos, elevando o total para 27.679, naquela que é uma subida de 0,4%.

O número de doentes recuperados manteve-se em 2.549.

Há 2.642 casos suspeitos a aguardar resultados laboratoriais e 28.307 pessoas sob vigilância das autoridades de saúde. A recuperar em casa estão 23.181.

Quanto aos hospitalizados, há mais oito doentes internados, para um total de 805, com o número de internamentos nos cuidados intensivos a não sofrer alterações (mantêm-se 112).

A região Norte continua a ser a mais afetada pela doença, com 651 mortos e 16.008 infetados. Segue-se Lisboa (248/7.316), o Centro (216/3.545), Algarve (14/348), Alentejo (1/237), Açores (14/135) e Madeira (0/90).

Lisboa também continua a ser o concelho com mais casos positivos - 1.737 (mais dois que na véspera), à frente de Gaia (1.455) e Porto (1.303).

A faixa etária dos mais de 80 anos é aquela que regista maior número de vítimas mortais, com 769. Segue-se a faixa dos 70-79 anos, com 228, e a dos 60-69 com 99 mortes. A maioria dos óbitos são de doentes do sexo feminino - 587 contra 557 do sexo masculino.

Há também mais mulheres infetadas - 16.298.

Boletim da DGS - 11 de maio by TVI24 on Scribd

Açores com seis recuperações nas últimas 24 horas e sem novos casos

Os Açores não registaram nas últimas 24 horas novos casos positivos de Covid-19, havendo seis recuperações de infeção por SARS-CoV-2, informou esta segunda-feira a Autoridade de Saúde Regional.

Aquela entidade adianta, em comunicado, que "as 175 análises realizadas nos dois laboratórios de referência da região nas últimas 24 horas não revelaram casos positivos de covid-19" e "registaram-se seis recuperações de infeção por SARS-CoV-2".

As seis recuperações correspondem a seis mulheres entre os 51 e 91 anos, acrescenta a Autoridade de Saúde dos Açores, que reforça a necessidade de "as medidas de prevenção e contenção da pandemia serem mantidas e reforçadas, sempre que possível, por cidadãos e organizações públicas, privadas e do setor social".

Até ao momento, já foram detetados na região um total de 145 casos, verificando-se 89 recuperados, 15 óbitos e 41 casos positivos ativos para infeção pelo novo coronavírus SARS-CoV-2, que causa a doença covid-19, sendo 33 em São Miguel, dois na Graciosa, um em São Jorge, três no Pico e dois no Faial.

Catarina Machado