Portugal contabiliza esta sábado mais 12 óbitos relacionados com a covid-19 e 963 novos casos de infeção com o novo coronavírus, segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). Este é o número mais alto desde 31 de março, altura em que foram registados 1035 casos e é o terceiro mais elevado desde o início da pandemia.

Desde o início da pandemia, Portugal já registou 1.995 mortes e 78.247 casos de infeção, estando hoje ativos 26.407 casos, mais do 465 que na sexta-feira.

A DGS indica que das 12 mortes registadas, seis ocorreram na região de Lisboa e Vale do Tejo, onde também se verifica o maior número de infeções, três na região Norte, duas na região Centro e uma no Alentejo.

Relativamente aos internamentos hospitalares, o boletim revela que nas últimas 24 horas há menos 14 internados em enfermarias e menos um nos cuidados intensivos relativamente a sexta-feira.

No total, há 668 doentes internados em enfermaria e 106 em Unidades de Cuidados Intensivos, de acordo com o relatório da situação epidemiológica da covid-19 em Portugal.

O boletim refere ainda que as autoridades de saúde têm em vigilância 46.228 contactos, mais 615 em relação a sexta-feira, e que foram dados como recuperados 486 doentes.

Desde o início da pandemia em Portugal já recuperaram da doença 49.845 pessoas.

Na região de Lisboa e Vale do Tejo foram notificados mais 440 novos casos de infeção, contabilizando a região 39.928 casos e 781 mortes.

A região Norte regista hoje mais 362 novos casos de infeção por SARS-CoV-2, totalizando 28.094 e 891 mortos desde o início da pandemia.

Na região Centro registaram-se mais 60 casos, contabilizando 6.354 casos e 265 mortos.

No Alentejo foram registados mais 43 novos casos de covid-19, totalizando 1.555, e 24 mortos.

A região do Algarve tem hoje notificados mais 49 casos de infeção, somando 1.792 casos e mantém os 19 mortos.

Na Região Autónoma dos Açores foram registados dois novos casos nas últimas 24 horas, somando 282 infeções e 15 mortos desde o início da pandemia.

A Madeira registou mais sete casos nas últimas 24 horas, contabilizando 242 infeções, sem registo de óbitos até hoje.

Os casos confirmados distribuem-se por todas as faixas etárias, situando-se entre os 20 e os 59 anos o registo de maior número de infeções. A faixa etária 40 e os 49 é a que regista o valor mais elevado.

O novo coronavírus já infetou em Portugal pelo menos 35.487 homens e 42.760 mulheres, de acordo com os casos declarados.

Do total de vítimas mortais, 1.000 eram homens e 995 mulheres.

O maior número de óbitos continua a concentrar-se nas pessoas com mais de 80 anos.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de um milhão de mortos e mais de 34,6 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Depois de a Europa ter sucedido à China como centro da pandemia em fevereiro, o continente americano é agora o que tem mais casos confirmados e mais mortes.

Boletim da DGS - 3 de outubro by TVI24 on Scribd

Lara Ferin