O número de casos confirmados de sarampo este ano em Portugal aumentou para 24, havendo mais 12 em investigação, segundo os últimos números da Direção-Geral da Saúde (DGS).

De 1 de janeiro até hoje, segundo um comunicado da DGS, há 87 casos notificados e 24 confirmados. São mais três do que os 21 referidos até ao fim de semana (21 confirmados, 15 em investigação) e mais nove do que há uma semana.

No comunicado, a DGS especifica os casos por regiões. Lisboa e Vale do Tejo é a que tem mais, com 16 casos de sarampo confirmados. Segue-se o Algarve, com sete e apenas um na região norte, a saber, uma criança que chegou a estar hospitalizada mas que já teve alta.

Na região de Lisboa foram afetadas duas crianças entre com idades entre um e quatro anos, mais duas entre os 10 e os 19 anos, além de 12 adultos, entre os 20 e os 45 anos. 

De entre os 12 maiores de idade, nove são funcionários de estabelecimentos de saúde.

Seis dos 16 casos foram hospitalizados e quatro tiveram alta, tendo morrido uma pessoa (uma rapariga de 17 anos internada no Hospital Dona Estefânia).

Quanto aos sete casos confirmados no Algarve, quatro são de crianças com menos de um ano e três de adultos (dois funcionários de estabelecimentos de saúde). Cinco dos sete casos foram hospitalizados mas todos tiveram alta.

Há uma semana, num anterior balanço, a DGS divulgava a existência de 15 casos confirmados e 11 em investigação.