Graça Freitas anunciou, na conferência de imprensa da situação epidemiológica em Portugal, que subiram para 175 o número de funcionários da Sonae MC infetados com Covid-19. 

A empresa acabou por fazer testes a todos os funcionários, o que representa um total de 833 trabalhadores. Dos 175 casos positivos, um está internado por ter outras patologias associadas, mas todos os restantes estão assintomáticos ou apresentam "sintomas muito ligeiros a moderados"

São pessoas jovens, saudáveis e quase todas assintomáticas ou com sintomas ligeiros a moderados e vão em princípio fazer a sua recuperação em casa acompanhados pelo seu médico de família”, afirmou. 

A diretora-geral da Saúde disse que, nesta fase, o surto na Sonae “é o maior” em toda a região de Lisboa e Vale do Tejo e influenciou o aparecimento de outros sete casos de infeção espalhados por cinco empresas também da Azambuja.

Genericamente a situação de Lisboa e Vale do Tejo mantém-se estável. Tínhamos dito que se esperava entre 200 a 300 casos [diários] e é isso que se está a verificar”.

No Seixal, destacou Graça Freitas, registam-se surtos em dois bairros diferentes, um dos quais no Bairro da Jamaica, com 16 cidadãos infetados, mas que “está neste momento estável e já começa a ter até doentes recuperados”

No Bairro da Jamaica, o encerramento de cafés legais e ilegais é uma das “medidas preventivas que estão a ser tomadas, porque se juntavam muitas pessoas nesses cafés”, explicou.

Lar em Queluz com dois mortos e 38 infetados

Graça Freitas também confirmou, na conferência de imprensa, que o Centro de Bem Estar Social de Queluz (CBESQ) registou até ao momento dois óbitos e 38 casos positivos de Covid-19. Do total de infetados, seis são funcionários do lar e os restantes 32 são utentes. 

O CBESQ acolhe 62 utentes, tendo sido separados em dois pisos diferentes aqueles que estão infetados e os que testaram negativo. 

Graça Freitas referiu ainda que este lar está a aplicar o plano de contingência que tinha sido criado e “foi conseguido o reforço de 13 auxiliares”, a partir de sexta-feira, para “substituir os trabalhadores doentes e dar apoio aos utentes, sem que as equipas se cruzem entre pisos”.

Portugal já recebeu 160 mil ventiladores dos 500 mil encomendados 

António Lacerda Sales informou que chegou esta quinta-feira a Portugal um avião com 60 ventiladores vindos da China. No total, já chegaram 160 mil ventiladores dos 500 mil pedidos pelo Governo.

O secretário de Estado da Saúde anunciou também que o número de profissionais de saúde recuperados é de 2.161 num total de 3.398 infetados.

Dos 3.398 profissionais [de saúde] infetados em Portugal ao longo da pandemia, 2.161 já estão recuperados", afirmou António Lacerda Sales, frisando tratar-se de "uma notícia que nos alimenta a esperança".

Portugal contabiliza 1.369 mortos associados à Covid-19 em 31.596 casos confirmados de infeção, segundo o último boletim diário da Direção-Geral da Saúde.

Cláudia Évora / com Lusa - atualizada às 15:54