O número de casos de hepatite A notificados desde o início do ano, em Portugal, subiu para 160, revelou esta sexta-feira o diretor-geral da Saúde. No dia 4 de abril, Francisco George referia haver 138 situações identificadas, havendo assim mais 22 casos em apenas três dias.

Em declarações aos jornalistas, Francisco George adiantou ainda que a vacinação para a hepatite A vai ser alargada, deixando de ser exclusivamente feita num único centro em Lisboa.

Haverá cinco pontos de vacinação, abrangendo as várias regiões de Portugal Continental, além de um ponto na Região Autónoma dos Açores e outro na Região Autónoma da Madeira.

O diretor-geral da Saúde lembrou que a vacinação é feita mediante prescrição médica e através de critérios que estão definidos pela Direção-Geral de Saúde.

As autoridades estão a finalizar uma nova norma sobre o surto de hepatite A, que definirá nomeadamente os locais de vacinação e a quem deve ser administrada a vacina.