Um cheiro muito intenso e tóxico obrigou à evacuação do centro empresarial DNA de Cascais, junto ao cemitério de Alcabideche, durante a tarde desta sexta-feira.

A informação foi confirmada à TVI24 pelos Bombeiros de Alcabideche. Ainda é desconhecida a origem do produto, pelo que as autoridades se encontram no local a investigar.

Um dos trabalhadores do DNA de Cascais sentiu-se mal, relatando vómitos e dores de cabeça, sendo assistido no local pela ambulância dos Bombeiros de Alcabideche.

O chefe dos bombeiros dá conta de cerca de 100 pessoas retiradas, de forma ordeira, do complexo de empresas (que hoje já não volta a reabrir).

No local estão os Bombeiros de Alcabideche, a polícia municipal, uma patrulha da GNR e ainda o Serviço de Proteção da Natureza e Ambiente (SEPNA).