O Dia Nacional do Doente com Acidente Vascular Cerebral é assinalado esta terça-feira com rastreios e acções de informação e sensibilização em vários pontos do país, anunciou a Sociedade Portuguesa do Acidente Vascular Cerebral (SPAVC), refere a Lusa.

As iniciativas decorrem entre as 09:00 e as 18:00 e incluem o rastreio dos principais factores de risco vascular e sessões didácticas para a população.

As iniciativas decorrem em Lisboa (Hospitais Pulido Valente e Santa Maria), Braga (Centro Comercial Braga Parque/Hospital S. Marcos), Cascais (USF de S. Domingos de Gusmão), Coimbra (Centro Comercial), Famalicão (Casa das Artes), Faro (Mercado Municipal) e em Gaia (Arrabida Shoping e Gaia Shoping),

Mogadouro (Centro Cultural de Mogadouro), Odivelas, Paredes (Salão dos Bombeiros Voluntários), Pombal (Hospital Distrital de Pombal), Porto (Centro de Saúde de Aldoar), S. Martinho do Bispo (Centro de Saúde), Santarém (Hospital, Shoping), Torres Vedras (Centro Hospitalar) e Viana do Castelo (Hospital e Centro Comercial) são outros locais onde decorrem estas acções.

O objectivo destas iniciativas, segundo a SPAVC, é «reforçar a chamada de atenção para aquela que é actualmente a primeira causa de morte em Portugal, que apresenta uma incidência mais elevada do que nos restantes países da Europa Ocidental».

Em Portugal, a taxa de mortalidade por AVC é de cerca de 200/100 mil habitantes, que corresponde a morrerem em cada hora dois portugueses.