Cristiano Ronaldo, que chegou nesta terça-feira em silêncio ao Funchal, na sequência do internamento hospitalar da mãe, Dolores Aveiro, reagiu à situação através de uma publicação no Twitter.

O internacional português agradeceu, em inglês, todas as mensagens de apoio, mas pediu privacidade.

Obrigada por todas as mensagens de apoio à minha mãe. A situção dela é estável e está a recuperar no hospital. Eu e a minha família gostaríamos de agradecer à equipa médica que está a tomar conta dela e, gentilmente, pedir-vos que nos seja dada alguma privacidade neste momento", escreveu.

A mãe de Cristiano Ronaldo, Dolores Aveiro, foi internada de urgência depois de ter sofrido um AVC durante a madrugada

O alerta foi dado por volta das 5:30. Dolores Aveiro foi transportada de urgência para o Hospital Dr. Nélio Mendonça, no Funchal, Madeira.

A madeirense foi sujeita a uma intervenção cirúrgica para desobstruir duas veias. 

Cristiano Ronaldo viajou entretanto para o Funchal, onde aterrou pouco depois das 16:00, acompanhado pela namorada Georgina Rodríguez e pelo filho mais velho, Cristianinho.

Veja no vídeo abaixo a chegada do jogador português ao aeroporto que tem o seu nome.

O atleta deverá regressar a Itália na quarta-feira de manhã, a tempo do jogo para a Taça de Itália da Juventus frente ao AC Milan.

/ CM/AG