A GNR de Silves deteve nos últimos dias 62 pessoas em Lagoa, no Algarve, a maioria das quais por suspeitas de tráfico de droga num festival de música eletrónica, foi hoje anunciado.

Em comunicado, a GNR adianta que entre sexta-feira e hoje foram detidas 53 pessoas por tráfico e apreendidas mais de 4.000 doses de droga no âmbito do "BPM Festival”, que decorreu no Centro de Congressos do Arade, no Parchal, concelho de Lagoa.

Além destas 53 pessoas, foram ainda detidas seis pessoas por condução sob o efeito de álcool e uma por condução sem habilitação legal, todas com idades compreendidas entre os 21 e os 34 anos.

Ao abrigo desta ação, a GNR elaborou 26 autos de contraordenação por consumo de estupefacientes e apreendeu 2.030 doses de MDMA (também conhecido como 'ecstasy'), 790 de anfetaminas, 778 de cocaína, 417 de haxixe, 44 de heroína e sete de canábis.

O Comando Territorial de Faro, através do Destacamento Territorial de Silves, entre os dias 21 e 24 de setembro, deteve 62 pessoas e apreendeu 4 066 doses de droga,

Os detidos foram constituídos arguidos e sujeitos à medida de coação de termo de identidade e residência.

O festival de música eletrónica "BPM Festival" reuniu 180 DJ, entre quinta-feira e domingo, em Lagoa.