Um cidadão estrangeiro foi detido no aeroporto de Lisboa com elevada quantidade de cocaína dissimulada na bagagem e que daria para a venda ilícita de pelo menos 34 mil doses individuais daquela droga, informou, esta quarta-feira, a PJ.

Segundo adianta a Polícia Judiciária (PJ), a cocaína foi transportada desde um país da América do Sul (não identificado) para Lisboa e o detido, de 22 anos, foi submetido a interrogatório judicial, tendo ficado em prisão preventiva.

O caso, ocorrido há dias, continua a ser investigado pela Unidade Nacional de Combate ao Tráfico de Estupefacientes (UNTE) da PJ, que indica que a detenção do suspeito ocorreu no âmbito de cooperação internacional e de controlo que regularmente é exercido sobre os movimentos de passageiros com origem em países considerados de risco, tendo em vista a prevenção da introdução de droga em Portugal.

/ MM