A PSP e a GNR detiveram mais de 400 condutores por infrações como condução com excesso de álcool, sem carta ou excesso de velocidade, numa operação que fiscalizou quase 50 mil veículos entre 1 e 7 de abril.

Ambas as forças, em colaboração com a Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária, divulgaram hoje os resultados da operação "Duas ou quatro rodas, há espaço para todos".

A GNR, que fiscalizou mais de 36 mil automóveis a circular em todo o país, deteve 268 condutores, 155 dos quais por terem taxa de álcool superior a 1,2 gramas por litro e 113 por não terem carta.

Foram passadas 11.555 contraordenações: mais de duas mil por excesso de velocidade, 1.367 por não respeitarem sinais e quase 600 por utilizarem o telemóvel.

A PSP, que pôs na estrada 1.827 agentes, fiscalizou mais de 12.000 veículos e deteve 135 condutores por excesso de álcool e 107 por guiarem sem ter carta.

No total, os agentes da PSP detetaram quase 3.000 infrações nas 920 operações de fiscalização.

A operação foi acompanhada por campanhas televisivas e na imprensa e da distribuição pelos militares da GNR de 10.000 folhetos com conselhos e cuidados a ter na condução de automóveis e motociclos.