O Dia de Portugal assinala-se esta quinta-feira. Mas em dia de feriado nacional, há também um eclipse do sol para observar (e é o primeiro deste ano).

O Observatório Astronómico de Lisboa (OAL) adianta que o fenómeno será visível em todo o território português como eclipse solar parcial.

A sombra da Lua sobre a Terra, ou seja a região onde o eclipse é anular, vai percorrer uma trajetória do nordeste da América do Norte ao nordeste da Ásia, atravessando a Gronelândia e oceano Ártico. A duração máxima da anularidade é de 3min 48s. O eclipse será visível do nordeste da América do Norte, Europa, do norte da Ásia e do Oceano Atlântico norte", explica o observatório.

Como observar?

Apesar de o eclipse ser pouco percetível, o Observatório avisa que este será facilmente notado ao olhar para o Sol com todas as medidas de segurança necessárias: nunca deverá observar o sol diretamente sem filtros solares oculares, ou recorrer a “alternativas” como óculos escuros comuns. 

Recorde-se que observação do sol, mesmo com o auxílio de aparelhos óticos, causa graves riscos para a visão humana se os procedimentos de segurança corretos não forem acautelados. 

Onde e quando?

  • Lisboa: início às 9:47, com máximo às 10:32, final às 11h21.
  • Porto: início às 9:48, com máximo às 10:38, final às 11:33.
  • Faro: início às 9:51, com máximo às 10:29, final às 11:10. 
  • Coimbra: início às 9:48, com máximo às 10:36, final às 11:28.
  • Ilhas: visível entre as 8:23 e as 10:54.

O local onde se encontra não é o ideal para a observação do fenómeno? É também possível acompanhá-lo através da Internet:

Rafaela Laja