Os alunos do Secundário conseguiram manter positivas as médias de Português e Matemática na primeira fase dos exames nacionais.

Com mais de 34 mil provas realizadas, a média do exame de Português foi de 12 valores, mantendo a mesma média que no ano passado.

Com mais ou menos o mesmo número de alunos a realizarem prova, a Matemática A teve uma média inferior: 10,6. Isto representa uma descida acentuada em relação ao ano passado, quando a média foi de 13,3.

A única disciplina com média negativa é Física e Química: 9,8. Também aqui a descida é significativa: no ano passado esta disciplina tinha tido uma média de 13,2 valores. 

As médias de Biologia e Geologia desceram de 14 para 12 valores.

Recorde-se que, no ano passado, as médias foram inflacionadas pelas regras especiais dos exames devido à pandemia de covid-19. Este ano mantiveram-se algumas das normas excecionais: os exames do ensino secundário mantiveram grupos de perguntas opcionais, mas as provas tiveram até o triplo das perguntas obrigatórias, fazendo com que as notas não fossem tão elevadas.

A disciplina com a média mais elevada é Mandarim, com 16,7 - mas é preciso ter em conta que apenas sete alunos realizaram a prova. Também o Português como Língua Não Materna, com nove alunos em prova, conseguiu uma média de 15,7.

Alemão (15,8), Inglês (14,9) e Francês (14,9) foram outras disciplinas com notas boas.

No entanto, tendo em consideração as disciplinas com um número de alunos superior a 2.500, aquelas que apresentaram uma classificação média mais elevada foram: o Inglês com 14,9, o Desenho A, com 13,8; e a História A, com 12,9.

Por outro lado, as disciplinas de Matemática B (10,1), Literatura Portuguesa (10,5), Matemática Aplicada às Ciências Sociais (10.7), Geografia A (10,7) tiveram médias positivas mas bastantes baixas.

Exames by TVI24 on Scribd

Estavam inscritos 248.136 alunos na primeira fase dos exames nacionais, tendo sido realizadas 204.368 provas, o que corresponde a cerca de 82,4% das inscrições.

Segundo os dados divulgados pelo Ministério da Educação, entre as 24 disciplinas sujeitas a exame nacional, a que registou um maior número de provas realizadas foi a de Biologia e Geologia, com 36 517 provas, logo seguida por Português, com 34 318 provas, Matemática A, com 34 124 provas e Física e Química A, com 32 802 provas.

Para o concurso de acesso ao Ensino Superior existem perto de 53 mil vagas. As candidaturas decorrem entre 6 e 20 de agosto e os resultados da primeira fase de colocações serão conhecidos dia 27 de setembro. 

Maria João Caetano