Um trabalhador português de 54 anos morreu, na quarta-feira, num acidente de trabalho no departamento de Alpes de Haute-Provence, França. O homem foi apanhado por uma derrocada parcial de um túnel onde se realizavam trabalhos de reparação. 

Além do trabalhador português ficara feridas mais duas pessoas. O alerta para o acidente foi dado por volta das 9:00, mas só ao fim de sete horas foi possível localizar o corpo do emigrante português. 

As obras neste túnel, decorrem a 1000 metros de altitude, num lugar de difícil acesso. Segundo o presidente do Conselho Regional de Provence-Alpes-Côte d'Azur, que gere os caminhos de ferro da Provença, "o troço foi fechado para obras de conservação e proteção".

Com 1195 metros de comprimento, o túnel do Col des Robines é usado pelo comboio turístico Pignes, que circula quatro vezes por dia entre Nice e Digne.