Um aluno de 17 anos morreu esta quarta-feira na Escola Básica 2.º e 3.º ciclos Sá Couto, em Espinho. Ao que a TVI24 apurou junto dos bombeiros e do INEM, o jovem foi "aparentemente" vítima de uma obstrução das vias aéreas.

O jovem, que tinha uma doença física, estava a almoçar quando se engasgou, acabando por ser vítima de obstrução das vias aéreas.

No local estiveram os Bombeiros de Espinho e uma viatura do INEM, mas o óbito acabou por ser declarado no local. Segundo a equipa de emergência, "tudo indica que [a morte] terá sido por obstrução da via respiratória" durante o período de almoço, com os Bombeiros de Espinho a apontarem no mesmo sentido, falando em "morte aparentemente" por engasgamento.

O comandante dos Bombeiros de Espinho acrescentou à TVI24 que uma equipa de psicólogos está já a acompanhar a família do estudante.

O jovem era residente em Argoncilhe, no concelho vizinho de Santa Maria da Feira.

António Guimarães