O processo aberto pelo Ministério Público ao professor que alegadamente agrediu, na segunda-feira, um aluno na Escola Secundária Rainha Dona Leonor, em Lisboa, “baixou a inquérito”, disse à agência Lusa fonte da PSP. O docente encontra-se em liberdade, sabe a TVI.

Segundo fonte do Comando Metropolitano da PSP de Lisboa, o professor foi notificado para comparecer hoje no Campus de Justiça, mas acabou “por não comparecer por ordem do DIAP (Departamento de Investigação e Ação Penal)”.

De acordo com a fonte, o homem foi detido pela PSP, tendo sido notificado para comparecer hoje perante um juiz de instrução criminal, pelo que “não permaneceu na esquadra uma vez que a moldura penal dos crimes não o exigia, baixando agora a inquérito”.

A Lusa tentou obter um esclarecimento do Ministério Público mas até ao momento ainda não obteve resposta.

O Ministério da Educação anunciou na segunda-feira que instaurou um processo disciplinar ao professor que alegadamente agrediu um aluno na Escola Secundária Rainha Dona Leonor, em Lisboa, tendo sido suspenso do exercício de funções de imediato.

“Foi instaurado um processo disciplinar a este professor contratado, que foi de imediato suspenso do exercício de funções, em todos os estabelecimentos de ensino onde lecionava”, escreveu o Ministério da Educação, numa nota enviada à agência Lusa.