A PSP realizou 832 ações de sensibilização junto da comunidade escolar, entre 16 de junho e 8 de julho, no âmbito da operação “Escola Segura-Final do Ano Letivo 2020/2021”.

Em comunicado, a PSP indica, nesta sexta-feira, que durante a operação fez 832 ações de sensibilização junto da comunidade escolar, que contaram com 14.506 participantes.

Destas ações, 258 foram sobre o tema autoproteção, bullying e ciberbullying (4.163 participantes), 150 sobre segurança infantil (2.586 participantes) e 91 sobre prevenção e segurança rodoviária (1.766 participantes).

Foram ainda feitos 969 contactos individuais de prevenção criminal junto das escolas.

A operação “Escola Segura-Final do Ano Letivo 2020/2021” teve por objetivo “incrementar o sentimento de segurança junto da comunidade escolar, conjugando uma vertente preventiva e pedagógica – através da realização de ações de sensibilização – com uma vertente fiscalizadora e dissuasora da prática de ilícitos criminais e contraordenacionais".

De acordo com a PSP, a operação visou, igualmente, a fiscalização da venda e consumo de bebidas alcoólicas e infrações rodoviárias nas imediações dos estabelecimentos de ensino.

A PSP tem 3.251 estabelecimentos de ensino e 922.734 alunos na sua área de responsabilidade, o que corresponde a cerca de 40% das escolas e 58% da comunidade estudantil a nível nacional.

Na nota, a PSP adiantou, ainda, que está a acompanhar uma “fase crucial da vida estudantil de milhares de alunos, uma vez que também é responsável pela distribuição e recolha diária dos exames nacionais”.

/ CM