O jovem de 24 anos suspeito do homicídio de um homem, na sexta-feira, em Oeiras vai ficar em prisão preventiva após primeiro interrogatório judicial, disse este sábado à agência Lusa fonte da Polícia Judiciária (PJ).

A Polícia Judiciária anunciou durante a manhã de sábado a detenção de um jovem de 24 anos suspeito de ser o autor do esfaqueamento que levou à morte de um homem na sexta-feira em Oeiras, e de ter esfaqueado um outro.

De acordo com a PJ, os factos ocorreram ao início da manhã de sexta-feira quando o presumível autor, empunhando uma arma branca, golpeou mortalmente a vítima, um homem de 26 anos.

O incidente, que aconteceu junto a um restaurante de ‘fast-food’ e um posto de combustível em Santo Amaro de Oeiras (distrito de Lisboa), já tinha tido início numa discoteca de Lisboa durante a madrugada.

Além desta agressão, o detido esfaqueou, igualmente e de seguida um outro homem, de 22 anos, que acompanhava a vítima mortal, provocando ferimentos graves na cabeça que obrigaram a uma intervenção cirúrgica.

Sobre o jovem recaiam "fortes indícios da prática de um crime de homicídio consumado e de um outro crime de homicídio na forma tentada".

Depois de presente hoje a primeiro interrogatório judicial, foi-lhe aplicada a medida de coação de prisão preventiva.

Na sexta-feira, a PSP deteve um outro suspeito relacionado com o mesmo processo, entretanto posto em liberdade.