Um homem de 26 anos, natural de Chaves, foi detido pela Guardia Civil, na madrugada de segunda-feira, depois de ter fugido às autoridades espanholas durante 114 quilómetros. De acordo com o jornal La Voz de Galicia, o homem foi mandado parar por uma patrulha de trânsito da Guardia Civil de Verín, porque circulava sem espelhos retrovisores exteriores.

O homem ignorou a ordem de paragem e fugiu a alta velocidade, em direção a Porriño. Altura em que a polícia encetou uma perseguição e alertou patrulhas de Ourense. Durante a fuga, o suspeito chegou a circular na autoestrada em contramão.

Quando as autoridades espanholas lhe bloquearam o caminho, em vez de travar, o homem acelerou e embateu num dos veículos da polícia. Só aí a Guardia Civil conseguiu detê-lo, tendo-lhe realizado testes de alcoolemia e de deteção de estupefacientes. Veio a revelar-se que o homem estava sob efeito de cocaína.

De acordo com o jornal Faro de Vigo, o homem foi presente a primeiro interrogatório judicial e colocado em liberdade, mas com obrigatoriedade de apresentação mensal às autoridades espanholas.

O homem conduzia sem habilitação legal, já que estava proibido de conduzir em Espanha, por ordem judicial, até junho de 2020. Foram-lhe também apreendidas uma arma branca e uma arma de fogo.