Um incidente no espetáculo “Quebra-Nozes”, no Teatro Camões, em Lisboa, provocou na quinta-feira à noite dois feridos ligeiros e obrigou à interrupção do bailado, informou hoje fonte oficial da Companhia Nacional de Bailado.

Foi um acidente a nível técnico com uma vara onde o cenário estava pendurado. Esta caiu e acabou por atingir duas pessoas que fazem parte da equipa técnica do espetáculo”, disse a mesma fonte.

O espetáculo, que estreou no dia 06 de dezembro, foi interrompido na sequência do incidente, registado pelo Regimento de Sapadores Bombeiros pelas 22:46.

A direção da Companhia Nacional de Bailado (CNB) está a averiguar as causas do acidente  e a verificar se "existem condições de segurança para manter a programação prevista".

Fonte da comunicação da CNB contactada pela agência Lusa disse que a vara do cenário que caiu no Teatro Camões, onde decorria o espetáculo, feriu dois técnicos, "mas já saíram do hospital e estão em casa".

A queda da vara onde o cenário estava pendurado caiu e acabou por atingir duas pessoas que fazem parte da equipa técnica do espetáculo, sofrendo ferimentos ligeiros na cabeça e no joelho, explicou a mesma fonte.

Neste momento está ainda a ser avaliada a situação para ser tomada uma decisão sobre a continuidade em cena do espetáculo. Em princípio tudo indica que o espetáculo continuará, mas só hoje durante o dia essa decisão será tomada”.

O bailado “Quebra-Nozes” está no Teatro Camões até dia 22 de dezembro, continuando depois em Almada, distrito de Setúbal.

A fonte oficial da Companhia Nacional de Bailado adiantou que os espetadores que assistiam ao espetáculo na quinta-feira podem trocar o bilhete para outro dia ou pedir a devolução do dinheiro.

/ BC - atualizada às 13:10