A PSP identificou e constitui arguido um casal de 37 anos, suspeito de assaltar a residência de uma idosa que estava acamada em Espinho, informou hoje fonte policial.

Segundo um comunicado da PSP, os suspeitos são ambos cuidadores profissionais. Ele reside no concelho de Santa Maria da Feira e ela no concelho de Vila Nova de Gaia.

Supostamente, no passado mês de agosto, os suspeitos aproveitando o facto de a idosa estar acamada, furtaram ouro, avaliado em cerca de três mil euros, que se encontrava guardado na residência da vítima”, refere a mesma nota.

De acordo com a Polícia, os bens furtados (dois anéis, quatro brincos, uma aliança, um fio e uma medalha) acabaram por ser recuperados numa loja de compra e venda de ouro.

A PSP diz que a investigação vai continuar a decorrer naquela Esquadra.