O bastonário das Ordem dos Advogados acusa alguns advogados de serem «especialistas» em ajudar os «clientes a praticarem actos ilícitos», sobretudo na área económica, mas recusando-se a apontar casos concretos.

«Há indícios de que alguns advogados ou alguns escritórios são quase especialistas em ajudar certos clientes a praticar determinado tipo de delitos, sobretudo na área do delito económico», refere em entrevista ao programa «Tudo na Ordem», na TSF, acrescentando que ele próprio já foi contactado nesse sentido, tendo recusado.

«É necessário que estas situações sejam denunciadas até para que quem as pratica não se sinta tão à vontade» para o fazer, advertiu.

Em reacção às declarações do bastonário, o presidente do Conselho Superior da Ordem, José António Barreiros, lamentou a «generalização» da suspeita e pediu «um pouco mais de concretização» porque «assim ficamos todos na muito ingrata situação de estarmos sob suspeita», referiu.
Redação / CR