A PSP encerrou na madrugada de sábado um restaurante ilegal na Pontinha, em Odivelas, e identificou 17 pessoas que participavam numa festa e o proprietário, em incumprimento das medidas restritivas no âmbito da pandemia, foi anunciado esta quinta-feira.

Em comunicado, o Comando Metropolitano de Lisboa da PSP refere que as autoridades, após verificarem “movimentação anormal” de pessoas na rua onde ficava situado o estabelecimento, dirigiram-se ao mesmo e, no decurso da ação de fiscalização, identificaram 17 pessoas que se encontravam em convívio no interior “em clara violação das medidas restritivas covid-19”.

Segundo as autoridades, o espaço em questão encontrava-se devoluto e, após obras por parte do responsável, também identificado, este dedicou-se à atividade de restauração sem possuir licenciamento para o efeito.

O estabelecimento foi encerrado de imediato e todos os intervenientes identificados, tendo sido elaborados 18 autos de contraordenação por incumprimento ao dever de recolhimento obrigatório, bem como a identificação e notificação do explorador do espaço.

/ MJC