A partir do dia 20 de abril, há novos sinais de trânsito e informação, nomeadamente a indicar zonas de residência e de circulação de veículos com emissões reduzidas de poluentes.

Estes são os novos sinais de trânsito que vai ver na estrada.

Antes da entrada em vigor, a campanha “Novos sinais, maior segurança” dá a conhecer as alterações ao regulamento de sinalização de trânsito.

O novo regulamento cria sinais de trânsito a indicar zonas de residência ou de coexistência de viaturas e peões, onde a velocidade é de 30 quilómetros por hora.

Outra novidade passa pela criação de zonas de emissões reduzidas, onde é proibido o trânsito de veículos cujas emissões são superiores a um nível definido em painel adicional por cada município.

Entre os sinais de perigo, surgem a aproximação de uma passagem para velocípede, o aviso de que a via pode ser atravessada por linces-ibéricos e por anfíbios.

Já nos novos sinais de obrigação destacam-se os que indicam uma via obrigatória para motociclos e uma via reservada a veículos com alta taxa de ocupação.

Quanto às marcas de sinalização no pavimento, foram introduzidas as suas dimensões com vista "à sua uniformização".

Lara Ferin