A Guarda Nacional Republicana (GNR) deteve 85 pessoas nas últimas 12 horas, 58 das quais por condução sob efeito do álcool, no âmbito de uma operação a nível nacional de fiscalização rodoviária e prevenção e combate à criminalidade.

Em comunicado, a GNR adianta que entre as 20:00 de sábado e as 08:00 de hoje foram detidas 85 pessoas, 58 das quais por condução sob o efeito do álcool, 10 por condução sem habilitação legal, seis por tráfico de estupefacientes, três por violência doméstica e um por posse ilegal de arma.

Durante a operação, que decorreu em todo o país, a GNR apreendeu 176 doses de haxixe, 20 doses de heroína e uma arma branca.

No que diz respeito ao trânsito, a GNR detetou 814 infrações, da quais 204 por excesso de velocidade, 151 por condução com taxa de álcool no sangue superior ao permitido por lei, 74 por falta de inspeção periódica obrigatória e 35 por anomalias nos sistemas de sinalização e iluminação.

De acordo com a nota, 34 infrações deveram-se à falta ou incorreta utilização do cinto de segurança e/ou sistema de retenção para crianças, 31 por falta de seguro de responsabilidade civil obrigatório, 26 infrações relacionadas com tacógrafos e 20 por uso indevido do telemóvel no exercício da condução.

Quanto à sinistralidade, a GNR registou 86 acidentes que causaram dois feridos graves e 20 feridos ligeiros.