A Saneamento Integrado da Ria de Aveiro (SIMRIA) instaurou um inquérito para apurar as causas do acidente ocorrido esta quinta-feira durante os trabalhos finais de reabilitação do emissário submarino de S. Jacinto, em Aveiro, anunciou a empresa.

Três trabalhadores que se encontravam a trabalhar esta manhã no interior da câmara de carga sentiram-se indispostos e tiveram de ser assistidos pelos Bombeiros Novos de Aveiro.

«A frente de obra foi suspensa até que se determinem as causas e estejam reunidas as condições de segurança para o reinício dos trabalhos», informa a SIMRIA em comunicado.

Segundo a empresa, as vítimas são trabalhadores de empresas subcontratadas da «STB», para os trabalhos de reabilitação do emissário submarino do Sistema Multimunicipal de Saneamento da Ria de Aveiro, infraestrutura explorada pela SIMRIA.

O alerta para os bombeiros foi dado cerca das 11h00.

«Os trabalhadores, com idades entre os 30 e os 35 anos, sentiram-se mal, mas conseguiram sair pelo próprio pé», disse à agência Lusa David Ferreira, adjunto do comando dos Bombeiros Novos de Aveiro.
Redação / LF