A Polícia Judiciária (PJ) anunciou esta quinta-feira a detenção de um homem de 37 anos, em Évora, por suspeita de ter incendiado um automóvel e um imóvel e efetuado disparos com uma arma de fogo.

Os factos ocorreram na madrugada de terça-feira, na cidade alentejana, tendo o suspeito sido detido por elementos da Unidade Local de Investigação Criminal (ULIC) de Évora da PJ, com a colaboração da PSP.

Segundo um comunicado da PJ, o homem é suspeito da prática de dois crimes de incêndio dirigidos contra um automóvel e um imóvel e de ameaça agravada pela utilização de arma de fogo e detenção de arma proibida.

O suspeito, refere a Polícia Judiciária, pegou fogo a um automóvel que estava estacionado na cidade, na madrugada de terça-feira, através de chama direta e utilizando um produto inflamável, junto de um dos pneus da viatura.

De acordo com a PJ, posteriormente, o homem dirigiu-se ao local onde a vítima exercia a sua atividade laboral e incendiou a cerca de um imóvel, também através de chama direta.

Sucederam-se ainda desacatos entre o suspeito e vítimas, que deram origem a disparos com arma de fogo", acrescenta o comunicado.

O detido, com antecedentes criminais e que justificou a sua conduta com diferendos financeiros com a vítima, vai ser presente a primeiro interrogatório judicial para aplicação de eventuais medidas de coação.

/ BM