A viatura envolvida num acidente com uma bicicleta, no sábado, próximo de Évora, que provocou a morte de um homem de 82 anos, já foi localizada pela GNR, que procedeu a peritagens forenses, foi hoje anunciado.

O Comando Territorial de Évora da GNR revelou hoje que o veículo, localizado na terça-feira, foi alvo de «um conjunto de peritagens forenses» e que foram «recolhidos vários vestígios, bastante importantes».

Os vestígios, segundo explicou a Guarda, foram já remetidos ao Laboratório Forense da Policia Judiciária, aguardando-se os respetivos resultados.

Este foi um dos acidentes rodoviários que provocaram um total de seis vítimas mortais no Alentejo, quatro das quais no distrito de Évora, entre sexta-feira e domingo à noite.

A colisão entre o veículo e a bicicleta ocorreu às 10:51 de sábado, na Estrada Nacional 380, entre Évora e Alcáçovas (Viana do Alentejo), tendo o condutor da viatura fugido.

A Guarda divulgou, então, num alerta à população, que o veículo suspeito era «um furgão de cor branca», com «algum tipo de dano na parte da frente», devido ao embate com a bicicleta.

No comunicado de hoje, a GNR referiu ter localizado a viatura na terça-feira, três dias após o acidente, mas escusou-se a precisar o local onde foi encontrada.

As diligências foram desenvolvidas pelo Núcleo de Investigação de Crimes em Acidentes de Viação (NICAV) do Destacamento de Trânsito de Évora, prosseguindo agora a investigação desta ocorrência.