A GNR anunciou, esta sexta-feira. ter detido um homem de 75 anos pelo crime de violência doméstica, no concelho de Alandroal, distrito de Évora, que ficou com pulseira eletrónica.

Segundo a guarda, no âmbito de uma investigação por violência doméstica, os militares apreenderam uma arma de fogo e um objeto artesanal designado por “moca”, alegadamente utilizado na prática do ilícito criminal contra a vítima, a sua ex-companheira de 60 anos.

O Tribunal Judicial de Évora aplicou ao homem as medidas de coação de proibição de contactar e de se se aproximar da ofendida, da sua residência ou do seu local de trabalho, numa distância de 300 metros, sendo para o efeito controlado através de pulseira eletrónica.

O tribunal determinou também a obrigação de apresentações semanais no posto policial da área de residência e proibição de adquirir, possuir ou usar quaisquer armas de fogo ou outras.