Viana do Castelo é o distrito com a melhor média nos exames nacionais do ensino secundário, segundo um ‘ranking’ elaborado pela Lusa tendo em conta as notas de 2020, em que, pela primeira vez, nenhuma região teve média negativa.

Numa análise da Agência Lusa tendo por base os resultados dos 225.307 exames do secundário realizados no ano passado, Viana do Castelo surge em primeiro lugar, com uma média de 13,48 valores nas 4.548 provas dos alunos do distrito.

Em 2020, Viana do Castelo ocupa o lugar que pertencia a Coimbra no ano anterior: os 9.281 exames realizados pelos alunos das escolas conimbricenses colocam o distrito em 2.º lugar, com uma média de 13,45 valores.

Segue-se o Porto, que agora ocupa o 3.º lugar por menos de uma milésima na média dos quase 40 mil exames.

Na tabela dos distritos surge depois Viseu, Braga, Aveiro, Leiria e Lisboa, este último com uma média de 12,99 valores nas mais de 54 mil provas realizadas, segundo a análise da agência Lusa, feita com base em números disponibilizados pelo Ministério da Educação.

No fundo da tabela, aparecem os Açores e Portalegre, com 12,41 e 12,14 valores, respetivamente.

Já as escolas no estrangeiro surgem em último lugar, uma vez que a média das 884 provas realizadas pelos alunos no ano passado foi de 11,68 valores.

Numa análise comparativa com os resultados médios por distrito obtidos na última década, verifica-se que este é o primeiro ano em que nenhuma região tem “negativa”.

Distrito

Média Exame (Valor)

NÚmero de Exames

Viana do Castelo

13,4871372

4548

Coimbra

13,45109363

9281

Porto

13,45053231

39357

Viseu

13,34499161

7148

Braga

13,32986086

19189

Aveiro

13,19905609

14832

Leiria

13,16637505

9716

Lisboa

12,99894988

54470

Castelo Branco

12,97441077

3564

Santarém

12,95636718

9227

Guarda

12,91703235

2689

Vila Real

12,88563804

4122

Faro

12,87407227

8192

Évora

12,84669446

3358

Beja

12,83978152

2197

R. A. Madeira

12,69254144

5792

Bragança

12,53049853

2046

Setúbal

12,50810154

18515

R. A. Açores

12,41220755

4317

Portalegre

12,14482018

1863

Estrangeiro

11,68857466

884

As notas da 1.ª fase dos exames melhoraram em todas as disciplinas, à exceção de Matemática Aplicada às Ciências Sociais, implicando também uma subida das médias por distritos.

Para esta melhoria dos resultados contaram as novas regras devido à pandemia de covid-19, que obrigaram à suspensão das aulas presenciais entre o final do 2.º período e primeiras semanas do 3.º período.

Por um lado, os testes tinham perguntas obrigatórias e outras opcionais, permitindo aos alunos escolher pelas questões em que se sentiam mais seguros, sendo contabilizadas apenas as melhores respostas.

Além disso, as provas só eram exigidas a quem quisesse seguir para o ensino superior, porque só contaram para a média de acesso às universidades e politécnicos, tendo deixado de ser obrigatórias para a conclusão do secundário.

Para o ‘ranking’ das escolas do ensino secundário com melhores médias, a agência Lusa selecionou apenas aquelas onde tinham sido realizadas pelo menos 100 provas.

Já para chegar às médias das classificações conseguidas nas diferentes disciplinas, assim como as médias por distrito, foram contabilizadas todas as provas realizadas. A análise contempla 225.307 exames realizados.

A pandemia de covid-19 levou o Governo a suspender, no ano letivo de 2019/2020, as provas nacionais do 9.º ano, razão pela qual este ano não existem peças sobre resultados nesse ciclo de ensino.

No secundário, pela primeira vez, os dados enviados pelo Ministério não fizeram qualquer distinção entre alunos internos e externos.

Também este ano, a Lusa não analisou os dados relativos às notas internas dos alunos (CIF) uma vez que os dados disponibilizados pelo Ministério eram provisórios e a sua validação estava ainda em curso pelos serviços.

/ CP