A Polícia Judiciária (PJ) capturou em Ovar um cidadão belga, de 46 anos, sob o qual pendia um mandado de detenção europeu, informou esta quinta-feira aquele órgão de polícia criminal.

De acordo com um comunicado da PJ, o indivíduo foi detido na passada segunda-feira com vista à sua extradição para o Reino da Bélgica por estar indiciado pela prática do crime de tráfico de estupefacientes.

Esta operação levada a cabo pela Unidade de Informação de Investigação Criminal (UIIC) da PJ decorreu em estreita articulação e colaboração com a polícia federal belga designadamente através da rede europeia especializada na deteção e detenção de fugitivos.

O visado foi presente no Tribunal da Relação do Porto, tendo sido determinado que aguardaria os ulteriores termos do processo de extradição e entrega às autoridades belgas, sujeito à medida de coação de prisão preventiva", refere a PJ.

De acordo com a mesma nota, esta colaboração entre a PJ e a polícia federal belga possibilitou a localização e detenção no mesmo dia, em Gent, Bélgica, da companheira do detido, cidadã belga, de 44 anos, que está indiciada pela prática dos mesmos factos.