Prova dos professores é «uma completa inutilidade»