Um incêndio que deflagrou esta quinta-feira numa habitação na Rua Antero de Quental, no Porto, provocou dois feridos, por intoxicação, que tiveram de receber tratamento hospitalar, disse à agência Lusa fonte dos Sapadores.

Segundo o chefe António Oliveira, o fogo teve início no primeiro andar da habitação, que ficou inabitável, obrigando ao realojamento do morador.

No rés-do-chão, que foi danificado pela água e pelo fumo, morava uma idosa de 80 anos, que foi acolhida pela filha.

O incêndio começou cerca das 03:00 e foi extinto em cerca de 15 minutos, o que evitou que as chamas alastrassem aos prédios contíguos.

As causas do fogo não estão ainda esclarecidas.
Redação / CP