A ASAE fiscalizou dezenas de hotéis e restaurantes em zonas turísticas de todo o país para verificar o cumprimento das regras de combate à covid-19, tendo multado sete estabelecimentos de restauração neste âmbito.

Nestes sete restaurantes, situados em concelhos, a Autoridade de Segurança Alimentar e Económica detetou clientes sem certificado covid de vacinação ou de teste negativo no interior e também incumprimento do distanciamento físico.

Já os hotéis fiscalizados apresentaram-se todos em conformidade com as regras.

A operação decorreu "na semana passada", com destaque para as cidades de Porto, Vila Nova de Gaia, Braga, Póvoa de Varzim, Amarante, Matosinhos, Ovar, Santa Maria da Feira, Vila Real, Mirandela, Coimbra, Aveiro, Figueira da Foz, Viseu, Castelo Branco, Guarda, Oleiros, Sertã, Lisboa, Oeiras, Troia, Fátima, Vilamoura, Portimão, Costa de Caparica e Palmela, e teve "como principal objetivo a fiscalização do cumprimento das regras aplicáveis no atual contexto da pandemia".

Durante a ação foram verificadas as regras de lotação dos espaços, de ocupação, de distanciamento físico, de uso de máscara, assim como foi verificado o cumprimento da obrigação de apresentação de Certificado COVID da União Europeia (UE) ou teste com resultado negativo no momento de check-in em unidades hoteleiras e aquando do acesso ao interior dos estabelecimentos de restauração localizados em concelhos de risco elevado e muito elevado, às sextas-feiras, a partir das 19:00, e todo o dia, aos sábados, domingos e feriados", indica a ASAE em comunicado, divulgado nesta quarta-feira.

No total foram fiscalizados 118 restaurantes, "tendo sido instaurados 21 processos de contraordenação", dos quais sete, como foi já referido, estão relacionados com infrações às regras aplicáveis no atual contexto de pandemia.

Quanto às unidades hoteleiras, foram fiscalizados 105 operadores económicos, "não tendo sido detetado qualquer incumprimento relativamente à obrigação de apresentação de Certificado COVID da UE ou de teste com resultado negativo no momento de check-in".

A ASAE sublinha, ainda, que a fiscalização nos restaurantes contou com a colaboração da GNR e da PSP.

Catarina Machado