Mais de 200 condutores foram multados e três detidos pela GNR durante uma operação de fiscalização, no sábado, nas autoestradas A1 e A29, na zona de Aveiro.

A operação, que visava maioritariamente o cumprimento da medida de proibição de circulação entre concelhos, decretada para o período da Páscoa, mas também contra a criminalidade, resultou em 233 contraordenações, indicou a Guarda, neste domingo.

Os infratores foram detetados nas áreas de serviço de Antuã (A1) e de Ovar (A29).

No âmbito da Operação “COVID-19 Recolhimento +”, os militares da Guarda realizaram uma operação de fiscalização e sensibilização, com particular enfoque para o cumprimento das medidas decretadas no âmbito do Estado de Emergência para o período da Páscoa, nomeadamente a proibição de circulação entre concelhos, bem como para a prevenção geral da criminalidade. Nesta operação foram empenhados 112 militares", explicou a GNR.

No decorrer da operação "foram detidos três indivíduos, dois por posse de arma proibida e um por falta de habilitação legal para conduzir".

Foram, ainda, elaborados 233 autos de contraordenação: "sete por consumo de estupefacientes"; "58 por incumprimento das medidas impostas no âmbito do Estado de Emergência"; e "168 por incumprimento à legislação rodoviária, dos quais se destacam 16 por infrações relativas a tacógrafos e 15 por excesso de velocidade".

Catarina Machado