A depressão Kyllian deverá atingir os Açores no sábado, prevendo-se um aumento significativo da intensidade do vento e da agitação marítima, anunciou hoje o IPMA, que colocou o grupo Ocidental sob aviso vermelho.

Em comunicado, o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) explica que "a aproximação de uma depressão cavada e a passagem de uma superfície frontal fria com atividade forte provocará um agravamento do estado do tempo".

Nesse sentido, o grupo Ocidental (Flores e Corvo) vai estar sob aviso vermelho entre as 12:00 e as 18:00 de sábado, devido a agitação marítima, e sob aviso laranja o resto dia (das 00:00 às 12:00 e das 18:00 às 24:00), pelo mesmo motivo.

As duas ilhas estarão ainda sob aviso laranja entre as 03:00 e as 12:00 de sábado, mas devido ao vento.

É esperado, para o grupo Ocidental na tarde de sábado vento médio de sul muito forte a rodar para sudoeste com rajadas da ordem dos 130 km/h; preveem-se ainda ondas oeste de 7 a 8 metros tornando-se sudoeste de 10 a 11 metros", explica a meteorologista Patrícia Navarro, da delegação do IPMA nos Açores, citada num comunicado.

O grupo Central (Terceira, São Jorge, Pico, Graciosa e Faial) estará sob aviso laranja entre as 06:00 e as 15:00 de sábado, devido à intensidade do vento.

Para o grupo Central e durante a manhã de sábado, "esperam-se rajadas da ordem dos 130 km/h, enquanto no Oriental (São Miguel e Santa Maria) as rajadas não deverão superar os 100 km/h", acrescenta o IPMA.

O Serviço Regional de Proteção Civil e Bombeiros dos Açores recomenda que sejam tomadas medidas de autoproteção face a estas previsões meteorológicas.