Ha um foco de infeção no Hospital de Torres Vedras, que integra o Centro Hospitalar do Oeste. Pelo menos oito pessoas ficaram infetadas, depois de um utente ter sido diagnosticado com Covid-19.

O doente em questão deu entrada nas urgências do hospital com outros problemas de saúde e terá contagiado os restantes utentes da sala de observação da urgência.

A TVI sabe que estão a ser realizados vários testes para perceber a dimensão do contágio e que a zona da Medicina A está praticamente interditada.

Os doentes com testes positivos ja estão em isolamento na "Ala Covid".

A secretária de Estado e Adjunta da Saúde, Jamila Madeira, confirmou a existência de oito casos positivos no Hospital de Torres Vedras, na conferência de imprensa diária sobre a evolução da pandemia em Portugal.

Antes, o Centro Hospitalar do Oeste tinha confirmado a existência de cinco casos positivos. Em comunicado a unidade hospitalar referiu que “estão a ser realizados os testes a todos os contactos internos e externos, aguardando-se o resultado dos mesmos”.

Elsa Baião, presidente do conselho de administração do CHO, disse que o foco está relacionado com um doente assintomático que foi assistido no Serviço de Urgência Geral, onde esteve internado “com patologias não respiratórias”, tendo sido testado antes de ter alta, e “validado como negativo”.

De acordo com a mesma responsável, “a situação clínica do doente agravou-se e este regressou à urgência, 24 horas depois, desta vez com queixas respiratórias”.

Até ao final do dia de hoje deverão ser conhecidos mais resultados dos testes efetuados a doentes e profissionais daquele serviço.

Em Portugal, já morreram 1.543 pessoas das 40.104 confirmadas como infetadas com Covid-19, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Sara Sousa Pinto / atualizada às 13:54