Um incêndio deflagrou, esta segunda-feira, num edifício, em Campanhã, no Porto. No local estiveram os Bombeiros Voluntários do Porto e o batalhão de Sapadores Bombeiros e o fogo está já dominado

A TVI apurou junto do CDOS do Porto que o alerta para este fogo foi dado pelas 14:01 e que as chamas deflagraram num edifício devoluto, na Rua Pinto Bessa, no Bonfim. As chamas obrigaram ao transporte de duas pessoas ao hospital, indicou fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro do Porto.

Em declarações à agência Lusa, cerca das 14:45, fonte do CDOS apontou que o incêndio estava extinto e que duas pessoas foram transportadas para o hospital por precaução, tendo ficado com ferimentos ligeiros.

O fogo na artéria da zona do Bonfim próxima da estação de comboios de Campanhã, já “está dominado”, mas foi necessário evacuar um prédio de seis andares composto por habitação e escritórios.

O comandante dos Bombeiros Sapadores do Porto, Carlos Saraiva Marques, indicou aos jornalistas que as duas pessoas foram assistidas por inalação de fumo, sendo que “uma delas usava a habitação que ardeu e outra é moradora do prédio vizinho”.

Mas o fogo não se propagou aos prédios ao lado. A nossa maior preocupação foi exatamente essa, evitar que o fogo alastrasse”, disse o comandante.

Quanto ao prédio devoluto que ardeu, o rés-do-chão ficou “quase intacto”, indicou Carlos Saraiva Marques, enquanto “a varanda, o piso superior e a cobertura ficaram destruídos”.

A Polícia Judiciária está agora a investigar as causas do incêndio.

/ SL - Atualizada às 16:32