Um dos chefes da máfia calabresa foi detido em Lisboa depois de dar entrada num hospital, infetado com covid-19.

Trata-se de Francesco Pelle, de 44 anos, que era procurado pela polícia italiana desde 2007, altura em que foi condenado a prisão perpétua pelo crime de homicídio.

Foi um dos protagonistas de uma rixa sangrenta entre o clã da máfia calabresa. Um ano antes, ordenou um ataque na noite de Natal que vitimou a mulher de um rival e o deixou paralisado.

Pelle também é conhecido por Ciccio Pakistan e era considera um dos fugitivos italianos mais perigosos.

Portugal terá sido o destino escolhido para se esconder da polícia italiana até agora, altura em que foi traído pela covid-19.

Redação