O presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Fernando Medina, e o vice-presidente da Comissão Europeia Frans Timmermans, vão dar hoje um passeio de bicicleta em Lisboa para assinalar a distinção da cidade como Capital Europeia Verde.

Medina e Timmermans, que está em Lisboa para o Congresso do Partido Socialista Europeu (PSE), vão utilizar bicicletas “Gira”, de utilização pública, para um percurso que parte da Biblioteca Nacional, passa pelo Jardim Mário Soares, no Campo Grande, e termina no Saldanha, segundo um comunicado da representação em Portugal da Comissão Europeia.

Lisboa foi distinguida em junho passado Capital Europeia Verde 2020, um prémio atribuído anualmente para “recompensar os esforços das cidades que colocam em prática planos que as tornem amigas do ambiente e que promovam uma população envolvida na sustentabilidade ambiental, social e económica”.

O prémio, atribuído pela Comissão Europeia, tem uma dotação de 350 mil euros para investir durante o ano em que Lisboa é Capital Verde.

Ao anunciar a distinção de Lisboa, o comissário europeu para o Ambiente, Assuntos Marítimos e Pescas, Karmenu Vella, alertou para “grandes ameaças” como “as mudanças climáticas, o consumo excessivo, o desperdício de plástico e a perda de biodiversidade”, afirmando ser “animador e inspirador ver uma liderança tão forte de Lisboa e de outras capitais europeias” no combate a essas ameaças.