Depois de um fim de semana de Páscoa com temperaturas de verão, prepare-se para o regresso da chuva e uma descida abrupta das temperaturas. Uma massa de ar frio vai afetar todo o território nacional e os termómetros vão cair mais de cinco graus, de Norte a Sul do país, já a partir de amanhã.

As temperaturas começam a descer esta segunda-feira, em especial a partir da tarde, quando a chuva, ainda fraca, deve regressar a todo o território nacional. Hoje pode ainda contar com máximas acima dos 20 graus em grande parte dos distritos. Contudo, na terça-feira, as temperaturas descem acentuadamente.

Há distritos onde as temperaturas podem ver uma queda de quase dez graus, de acordo com o site do IPMA. O Instituto Português do Mar e da Atmosfera prevê que as máximas não ultrapassem os 7 graus, na Guarda, e os 11 graus, em Bragança. Em Braga, onde os termómetros chegaram aos 27 graus durante o fim de semana, vai ficar-se pelos 13 graus.

Em Lisboa, a máxima, na terça-feira, fica-se pelos 15 graus e pelos 13, no Porto.

A descida das temperaturas diurnas é acompanhada por uma queda acentuada das mínimas. De acordo com o IPMA, na Guarda vão registar-se apenas 2 graus Celsius durante a madrugada, 4 graus em Bragança e 6 graus, em Évora e Beja.

A massa de ar frio deve continuar a afetar todo o território, pelo menos até sexta-feira, mantendo os termómetros abaixo dos 20 graus em Portugal continental.