A GNR do Porto anunciou este domingo ter recuperado no sábado 15 peças de ouro, avaliadas em 850 euros, que tinham sido furtadas em fevereiro numa habitação no concelho de Penafiel.

Em comunicado, a GNR adianta que as peças foram recuperadas na sequência de uma investigação iniciada “há cerca de um mês e meio” e que, em 19 de fevereiro passado, já tinha levado à constituição como arguido de um homem com 49 anos e à apreensão de diversas peças em ouro e prata, avaliadas em 31.675 euros.

No sábado, os militares do Núcleo de Investigação Criminal de Penafiel conseguiram recuperar mais 15 peças em ouro, avaliadas em 850 euros, que tinham sido furtadas “na mesma ocasião e local que as primeiras”.

Desta forma, foi possível recuperar a totalidade dos bens furtados, sendo os mesmos entregues à sua legítima proprietária, de 49 anos, após o devido reconhecimento”, acrescenta a GNR.

Segundo aquela polícia, os factos foram remetidos ao Tribunal Judicial de Penafiel.

/ CE