A GNR deu cumprimento a um mandado de busca domiciliária, no âmbito de um processo de crime por furto qualificado, à casa de um indivíduo que está preso e a cumprir uma pena de cinco anos de prisão efetiva pelo mesmo tipo de crime.

A busca foi feita numa residência no Monte da Caparica. Foram apreendidos milhares de euros, centenas de maços de tabaco contrafeito e material usado para abrir fechaduras dos carros.

A TVI sabe que o indivíduo vigiava as potenciais vítimas até ter a oportunidade de realizar assaltos sem qualquer contato físico.

O supeito abria os automóveis das vítimas para os furtar tendo chegado a partir os vidros dos veículos.

O homem atuava sempre sozinho, na zona de Almada.